No enquadramento do Apoio Farmacêutico de Proximidade, no contexto da COVID-19, o Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN) desenvolveu o Programa de Acesso ao Medicamento Hospitalar (PAM-H) que possibilita o envio de medicação, cedida em regime de ambulatório hospitalar, para a farmácia de proximidade ou para o domicílio do doente.

Desta forma, as pessoas com ELA seguidas no Hospital de Santa Maria, que pretendam receber o Riluzol na farmácia comunitária mais próxima da sua zona de residência ou no seu domicílio, deverão seguir o procedimento infra descrito.

1-      O doente ou representante legal/cuidador poderá contactar telefonicamente (tel: 217805072) ou enviar uma mensagem escrita para apoiofarmaceutico@chln.min-saude.pt, onde conste a informação:

a.       Declaração de que quer ativar o PAM-H;

b.      Nome completo do doente; número interno do utente CHULN;

c.       Data em que termina a medicação;

d.      Endereço de destinatário: Domicílio ou Farmácia Comunitária designada;

e.      Contato eletrónico/telefónico para calendarização/confirmação da entrega da medicação e apoio farmacêutico de continuidade.

2-      Na prescrição interna, as prescrições deverão constar eletronicamente no sistema informático da Glintt, até à próxima consulta, de modo a permitir uma cedência mais alargada de acordo com a disponibilidade de stock;

3-      Na prescrição externa, esta deverá ser enviada, em modo digital, para apoiofarmaceutico@chln.min-saude.pt;

4-      Na dispensa presencial na Farmácia de Ambulatório do SGTF, com o objetivo de minimizar a exposição, os tempos de espera e de permanência dos utentes/cuidadores:

a.       Deverá ser promovido o agendamento prévio por contacto telefónico ou eletrónico;

b.      Este procedimento deve ser realizado sempre que se verifique a primeira prescrição de um medicamento (CN Infarmed Nº005 de 07/04/2020);

c.       Em situações de levantamento presencial por outrem, que não o doente, deverá ser apresentado um documento formal de delegação de competência para o efeito. Poderá ser enviado, em modo digital, para apoiofarmaceutico@chln.min-saude.pt.

5-      Outras questões serão esclarecidas individualmente.

Consulte o documento completo sobre o Programa de Acesso ao Medicamento Hospitalar, aqui.